Financiamento: FAPEMA

Dispositivos móveis atuais estão provendo cada vez mais recursos como, por exemplo, maior poder de armazenamento e processamento, múltiplas interfaces de rede, GPS, e integrando uma variedade de sensores. Dessa forma, dispositivos móveis vem permitindo a execução de aplicações cada vez mais sofisticadas e com capacidade de identificar a situação do usuário móvel em um dado momento. A identificação da situação do usuário a partir de vários sensores pode prover uma variedade de informações a serem usadas por aplicações para aumentar o nível de colaboração entre pessoas. A ciência de situação não é restrita apenas a dados de localização ou tempo, mas sim a uma combinação de dados de contexto pertinentes ao objetivo do sistema computacional, o que conduz a uma representação da situação do usuário que é de interesse do sistema. Um primeiro objetivo da ciência de situação é fazer com que o sistema conheça a situação do usuário e, dessa forma, a interação entre o usuário e o dispositivo móvel seja feita de forma mais fácil e sem intrusão. O segundo objetivo da ciência de situação é possibilitar que a situação do usuário possa ser compartilhada com outras pessoas interessadas de forma a aumentar a colaboração. Este projeto de pesquisa propõe o estudo e o desenvolvimento de um mecanismo para identificar a situação de usuários portadores de dispositivos móveis.

Ariel Soares Teles (IFMA) - Coordenador
Francisco José da Silva e Silva (UFMA)
Markus Endler (PUC-Rio)
Berto de Tácio Pereira Gomes (IFMA)